Clube da Preta: moda afro e consumo consciente

Foto ilustrativa da postagem sobre o clube da preta no blog Negra em Movimento.

Sinto um orgulho enorme quando me deparo com iniciativas que visam empoderar a comunidade negra e foi esse sentimento que tive quando conheci o Clube da Preta há alguns meses atrás. Primordialmente uma plataforma digital que possibilita a circulação do Black Money, a empresa se denomina:

“um clube de assinaturas de moda que reúne produtos criativos e diversificados dos segmentos de vestuário, artes e acessórios feitos por afro-empreendedoras(es)…”

É um modelo de negócio que liga empreendedorismo e engajamento com causas sociais ao mesmo tempo que promove o consumo consciente. Algumas das empresas parceiras do Clube são o Boutique de Krioula, a Zakii, a Era uma Vez o Mundo e a Sou Preta Soul.

Vem conhecer mais desse lindo projeto:

Como começou?

Há alguns anos com a escassez do mercado de trabalho levando cada vez mais pessoas a empreenderem, os idealizadores Débora e Bruno perceberam um crescimento de pequenos empreendedores de moda e beleza que se alinhavam à cultura afro brasileira.

Decerto motivados pelo impacto social que geraria e ainda com o conceito de consumo consciente, os dois puseram em prática o Clube da Preta em 2015 dentro de casa.

Fonte: perfil Clube da Preta no Instagram

Como funciona?

Em resumo o Clube da Preta funciona no modelo de assinatura com diferentes planos. Primeiramente você escolhe entre os quatro planos disponíveis, então preenche o perfil de estilo de moda que gosta e costuma usar, em seguida para a forma de pagamento (cartão ou boleto) e por fim receberá o produto em casa.

Assim todos os meses você recebe em casa uma caixa com produtos da moda de acordo com o seu perfil; de tal forma que quem seleciona os produtos é uma curadoria especializada.

Ademais os produtos são confeccionados por nano e micro-empreendedores, ao passo que as entregas para os moradores de São Paulo (cidade ou região metropolitana) acontecem em até 10 dias corridos desde a data da postagem e para as demais regiões de acordo o prazo dos Correios.

Tipos de planos

O Clube da Preta oferece 5 planos com diferentes propostas e quantidades para sua apreciação:

  • Clube de Livros: a partir de R$49,90, nesta caixa você recebe livros e revistas;
  • Meu Clube:com o custo de R$69,90,  nesta caixa você receberá um livro e uma camiseta básica;
  • Meu Clube Básico: com o custo de R$99,90, nesta caixa você receberá um livro, um acessório exclusivo e uma camiseta exclusiva;
  • De Presente: com o custo de R$159,90, nesta caixa você receberá um livro, acessórios, um look e um mimo especial;
  • Meu Clube Fashion: com o custo de R$199,90, nesta caixa você receberá um livro, acessórios exclusivos, um look completo e um mimo especial.
Foto retirada do Instagram do Clube da Preta.

Por que o Clube da Preta?

Não apenas o Clube da Preta contribui para a disseminação de nossa ancestralidade como também potencializa a renda de empreendedores negros. Às vezes não nos damos conta da importância que é nos ajudar mutuamente e como isso nos fortalece como um todo.

Com a vida distante de tripulante, infelizmente por hora ainda não consegui testar a caixinha por mim mesma, mas assim que estiver em terra novamente vou revisitar essa ideia. Em outras palavras sou apaixonada por caixas de assinatura e há alguns anos eu me deliciava com a Ritual Box da Sublime Rituais, que infelizmente não funciona mais.

Quando o assunto é vaidade, eu sempre fui um tanto relaxada por conta de preguiça e priorização de outros fatores, mas a caixinha é como um alarme que nos sacode para tirar um tempinho e cuidar de nós mesmas. Auto-cuidado é especialíssimo de maneira que o Clube da Preta pode ser a solução para você se tem o mesmo problema que eu.

Ficou interessado pelo projeto? Fique a vontade de procurar saber mais nas redes sociais da empresa como Facebook, Instagram e Youtube.

Caso queira mais opções de projetos como esse, dê uma olhada na postagem sobre as maravilhosas meninas do La Frida Bike atuante em Salvador.

Você tem outro exemplo de uma iniciativa parecida? Pode entrar em contato que eu adoraria compartilhar mais aqui no blog.