Petrópolis: um berço histórico para desvendar à pé

Petrópolis, também conhecida como Cidade Imperial, fica localizada na região serrana no Rio de Janeiro. Sede do governo de D. Pedro II durante o período de veraneio, similarmente a cidade também foi bastante apreciada por alguns presidentes da República e apresenta até hoje um rico conjunto arquitetônico que remete ao século XIX. Dona de um clima ameno e vida tranquila, a cidade é palco de ruas que contam histórias, natureza que se mistura a construções e edifícios que preservam o legado do país. Certamente é uma delícia de visitar não só uma vez, mas várias.

Como eu chego?

O aeroporto mais próximo é o Santos Dumont localizado no centro da cidade do Rio, que promove e recebe somente voos domésticos. Assim sendo, para chegar à cidade pode optar por carro ou ônibus.

Do Rio de Janeiro

De carro: a principal via de acesso é a Rodovia Washington Luís – BR 040. É só seguir pela Avenida Francisco Bicalho em direção à Avenida Brasil. De lá, siga para a Linha Vermelha (Rodovia Presidente João Goulart), pegue a saída para a BR 040 pela pista lateral. De ônibus: pode pegar o ônibus da companhia Única/Fácil no Terminal Rodoviário Novo Rio ou no Terminal Rodoviário Menezes Côrtes.

De São Paulo

De carro: deve seguir em direção ao Rio de Janeiro pela Rodovia Presidente Dutra. De lá, siga para a Linha Vermelha (Rodovia Presidente João Goulart) mantendo-se à direita, pegue a saída para a BR 040. De ônibus: pegue o ônibus no Terminal Rodoviário Tietê com a empresa Salutaris.

De Minas Gerais

De carro: saindo de Belo Horizonte, pegue o acesso à Rodovia Anel Rodoviário. Em seguida, dirija-se para à BR 040 – Rodovia Washington Luiz. Saindo de Juiz de Fora, há o acesso direto para a BR 040. De ônibus: em Belo Horizonte, pegue o ônibus no Terminal Rodoviário Gov. Israel Pinheiro com a empresa Útil Caiçaras e em Juiz de Fora, vá até o Terminal Rodoviário Miguel Mansur para transporte com a empresa Única.

Onde é que vou dormir?

Como o roteiro que fiz em Petrópolis foi a pé e é a forma como recomendo que a cidade seja explorada, indico que se hospede em algum lugar no centro da cidade. Inegavelmente além da facilidade de locomoção, é também onde se concentram mais opções de hospedagem entre hotéis, pousadas e albergues. Fiquei hospedada no Um Hostel e foi sem sombra de dúvidas um dos melhores albergues em que me hospedei até hoje. Localizado na rua da Cervejaria Bohemia e a alguns passos do Palácio de Cristal, ele conquista pela localização, decoração e atendimento.
Fachada (Foto retirada do site do albergue)
Entrada (Foto retirada do site do albergue)
Paguei R$59 na diária em outubro se iniciando no domingo (entrada na sexta-feira ou sábado sai mais caro). Em resumo o café da manhã era farto, o hostel é extremamente limpo e organizado, e a decoração é tão incrível que te convida a ficar.
Sala Comum (Foto retirada do site do albergue)
Quarto (Foto retirada do site do albergue)
O staff do albergue foi atencioso e forneceu dicas de locais para comer além de procurar saber se estava tudo correndo bem. Com toda a certeza indico e retornaria.

O que tem de bom?

Petrópolis é uma cidade bem estruturada para o turismo, existe inclusive um Programa de Sensibilização Turística para impulsionar isso. Ademais existem centros de informação turística em locais estratégicos, sinalização turística bem elaborada além do serviço diário de teleatendimento Disque Turismo (0800 024 1516) e o Aplicativo Petrópolis. Dessa maneira é uma cidade que merece ser visitada várias vezes porque possui uma energia incrível; não é a toa que passei um bom tempo simplesmente sentada em praças com um bom livro. Contudo, na sua primeira visita é importante tentar espiar alguns pontos principais:

Palácio Quitandinha

Endereço: Av. Ayrton Senna, 12 – Quitandinha, Petrópolis Horário de funcionamento: Terça a domingo, de 9h30 às 17h Preço: R$8,00 (visita livre) R$16 (visita guiada) De todos, o meu favorito sem muito esforço. O Quitandinha é um antigo Cassino Hotel que possui um histórico de muitas provações que o colocou em risco algumas vezes. Hoje administrado pelo SESC, funciona como condomínio e suas áreas de lazer podem ser visitadas além de sediar eventos e performances artísticas. É um local de imponência única. Recomendo que façam a visita guiada para mergulhar na experiência e conhecer todas as aventuras pelas quais o palácio já passou. É a mais afastada de todas as atrações a ser citadas, ficando a mais ou menos 15 minutos do centro histórico.
Palácio Quitandinha
Anfiteatro – Palácio Quitandinha

Museu Imperial

Endereço: Rua da Imperatriz, 220 – Centro, Petrópolis. Horário de funcionamento: terça a domingo, das 11h às 18h. Preço: R$10 (entrada inteira) Você não pode deixar de conhecer essa beldade. É o principal acervo do país referente ao Império, sobretudo o Segundo Reinado. Em suma o Museu Imperial reúne mais de 300.000 itens além de contar com jardins esplêndidos que te convidam a relaxar. Além disso, promove dois eventos belíssimos. Primeiramente o Espetáculo Som e Luz, contando com a tecnologia para reviver fatos marcantes da história brasileira. E em adição o Sarau Imperial, uma atividade interativa que mistura encenação, música e poesia para levantar discussões sobre pautas da época baseadas na correspondência particular da família imperial.

Palácio de Cristal

Endereço: Rua Alfredo Pachá, s/n – Centro, Petrópolis Horário de funcionamento: terça à domingo, 9h às 18h Preço: gratuito Inaugurado em 1884 para abrigar exposições de produtos e pássaros, o Palácio conta com uma estrutura em ferro fundido e vidro que impressiona. É cercado por um jardim lindíssimo que constantemente abriga eventos como a Serenata Imperial, toda última quinta-feira do mês, além de ser um dos locais que sedia a famosa Bauernfest. Quando visitei Petrópolis da última vez, estava acontecendo a Serra Serata, uma festa italiana que ocorre anualmente com um tema diferente. Não deixe de checar o calendário de eventos quando visitar a cidade.
Palácio de Cristal (Foto retirada do site da cidade)

Museu Casa Santos Dumont

Endereço: Rua do Encanto, 22 – Centro, Petrópolis Horário de funcionamento: terça a domingo, 9h às 17h30 Preço: R$8,00 (entrada inteira) Conhecida como “A Encantada”, foi residência de verão de Alberto Santos Dumont, o famoso Pai da Aviação, e hoje serve como um museu em que podemos conhecer o acervo de objetos pertencentes ao inventor além de itens que ele próprio desenvolveu. É uma pequena e charmosa casa que impressiona por sua funcionalidade e inteligência, além de refletir bem a personalidade do inventor. Conta com o anexo 14 Bis ao lado onde é apresentado um curta-metragem sobre a vida de Santos Dumont.

Museu de Cera

Endereço: Rua Barão do Amazonas, 35 – Centro, Petrópolis Horário de funcionamento: Ter à Sex e Dom: 10h às 17h; Sábado: 10h às 18h. Preço: R$48 (entrada inteira) É o primeiro museu do Brasil com padrões internacionais de hiper-realismo; abriga esculturas de figuras nacionais e internacionais elaboradas com uma semelhança impressionante. Vale a visita principalmente se for sua primeira experiência em um museu de cera.

Palácio Rio Negro

Endereço: Av. Koeler, 255 – Centro, Petrópolis Horário de funcionamento: Terça à Domingo, 10h às 17h Preço: Gratuito Prédio construído em 1889 para ser residência do Barão do Rio Negro, passou a ser residência de veraneio dos presidentes da República a partir da gestão de Rodrigues Alves. É um edifício que visa honrar a memória republicana através do seu acervo e também merece destaque.

Igreja São Pedro de Alcântara

Endereço: Rua São Pedro de Alcântara, 60 – Centro, Petrópolis Horário de funcionamento: Diariamente, de 8h às 18h Preço: Gratuito A Catedral de Petrópolis já chama atenção de quem adentra a avenida de frente a ela. Construída em estilo neogótico, abriga os restos mortais de membros da Família Imperial além de esculturas, pinturas e outras relíquias.

Cervejaria Bohemia

Endereço: Rua Alfredo Pachá, 166 – Centro, Petrópolis Horário de funcionamento: Ter à Qui: 12h às 17h; Sex: 10h às 17h; Sáb: 10h às 18h. (tour) Preço: R$36 (tour cervejeiro – entrada inteira) Se você aprecia uma boa cerveja como eu, não pode deixar de realizar o tour pelo maior centro de experiência cervejeira do país. No tour você aprenderá sobre a história da cerveja, seu modo de produção, seus componentes e elementos que diferenciam gostos e sensações além de, é claro, se deliciar com degustações de cervejas da casa. Até quem não é apaixonado sai do tour convertido após a experiência. Definitivamente vale cada centavo e é bom separar um tempo para aproveitar sem pressa. Não deixe de visitar o bar da casa à noite onde rola música ao vivo em alguns dias da semana e dispõe também de um cardápio com receitas maravilhosas.
Tour Cervejeiro
Tour Cervejeiro
Se sobrar tempo no seu roteiro, saiba que as atrações não acabam por aí mesmo. Pode checar outras localidades na cidade:
  • Trono de Fátima: monumento situado na Rua Padre Moreira, em Valparaíso.
  • Palácio Amarelo: localizado em frente ao Museu Imperial, na Praça Visconde de Mauá.
  • Museu da FEB (Força Expedicionária Brasileira): situado ao lado do Palácio Rio Negro.
  • Casa Princesa Isabel: localizada a alguns metros da Catedral de Petrópolis.
  • Casa Ipiranga: localizada na Avenida Ipiranga, também no centro.
  • Casa Rui Barbosa: situada a passos da Casa Ipiranga.
  • Igreja Luterana de Petrópolis: localizada próxima a Casa Rui Barbosa.
  • Obelisco: localizado na Rua do Imperador, próximo ao Museu Imperial.

Onde comer

Casa Pellegrini: localizado na Rua Treze de Maio, foi indicado pelo staff do hostel e super recomendo. Restaurante/bar com cardápio e bebidas bem em conta. Fui almoçar e também fui durante à noite para tomar uma cerveja e comer um hambúrguer de costela que era a especialidade da casa (incrível). Massas Luigi: restaurante italiano tradicional. Estava com uma vontade de comer um bom macarrão e decidi me dar este presente. Estava bastante saboroso, mas custou caro, então é bom separar uns trocados a mais. O atendimento deles é excelente. Fica na Praça Rui Barbosa.

Onde comprar

Rua Teresa: salvou o meu dia considerando que estive na cidade em uma segunda-feira em que basicamente tudo estava fechado. Famosíssima pela sua grande extensão com lojas de roupa, a crise afetou o local também, mas ainda se encontra preços e peças boas. Feiras: Há algumas boas feiras localizadas no centro histórico como a Feira de Antiguidades da Praça Visconde de Mauá aos domingos, a Feira de Artesanato na Praça Expedicionários de quinta a domingo e a Feira de Artesanato do Paço Municipal no Palácio Sérgio Fadel aos fins de semana e feriados. Se gosta de leitura, não deixe de checar as Salas de Leitura e a Biblioteca Central da cidade. E mais do que tudo, lembre-se de ir desvendando a cidade aos poucos. Petrópolis é um lugar que merece ser degustado. Caso esteja buscando por mais destinos no Rio de Janeiro, dê uma olhada no meu post sobre Trindade.
Banner para marketing de afiliados no blog Negra em Movimento.
Segurança: caso esteja pesquisando seguro viagem para sua próxima aventura, compre com a Seguros Promo. Comprando com as empresas através desses links, você contribui com o blog sem pagar nada a mais por isso. Essa é a política do marketing de afiliados, em que produtores de conteúdo podem ganhar uma comissão a partir de associação com empresas específicas.